sábado, 7 de janeiro de 2012

Boiling Point

Estou ardente, exigente. Anseio pela tua chegada e sinto-me escorregadia na expectativa de te ver. Desejo-te, todos os meus poros respiram na antecipação do prazer que quero sentir contigo. Sinto-me arrepiada, impaciente. Percorro o meu palácio no nervoso miudinho de ouvir uma batida na porta. Quero envolver-te nos meus braços, atirar-te na minha cama, colocar um pé de salto alto no teu peito e pedir-te sem proferir uma única palavra que me tomes. Quero que aprecies o dourado dos meus cabelos, a linha ténue do meu eye liner, o brilho suave de um gloss nos meus lábios, a sexualidade que a minha lingerie impõe, a suavidade da minha pele, o mistério do meu sorriso. Mantém-me em Wonderland.

5 comentários:

SD disse...

Gosto de ti ardente, exigente, escorregadia, arrepiada, impaciente...
Gosto da provocação que a tua lingerie sedutora impõe elevada pelo teus saltos altos.
Adoro quando ficas sem roupa... que visão de sensualidade deliciosa e apetecivel!
Exibires o teu corpo sensual para ser alimento dos meus olhos e ansia da minha boca
Abraçada e envolvida... inesquécivel poder sentir o teu corpo nos meus braços
És quente, macia, perfumada, saborosa...
Sinto a ponta dos teus seios nas minhas mãos
Despertas-me desejos e arrepios na pele...
Beijada com tesão e apoderado pelo desejo de ti...
Percorrer a tua pele ainda latente...
Os teus suores... o teu sabor... o teu cheiro ...
As sensações unicas do triangulo lúdico do teu corpo
Encruzilhada de emoções, aflição dos meus pecados...
A posse em despudor das minhas fraquezas...
O nosso prazer...
Gosto de ti nua... assim... á minha frente!
Sentires-te desejada... arrepiada e impaciente
Molhada de prazer... oferecer-te o meu desejo... e roubar-te o teu...
Gosto que fiques nua para te sentir perto!
O corpo no corpo... a pele na pele... a carne na carne
A sede da gana, o suor do prazer
O toque subtil... o gosto do prazer...
A seiva do ventre... o cheiro de fémea...
Prenderes-me com a tua boca brilhante de gloss nos lábios...
Para ser preenchida e invadida pela dureza do meu prazer latejante...
Os gemidos... o sabor... o prazer que só tu me sabes dar...
Gosto de te despir peça por peça umas vezes lentamente outras sem controlo na furia do meu desejo!
Virar-te para mim de costas...
Beijar-te os pescoço e pedires maliciosamente para te invadir entre as nádegas
Gosto de te retirar a roupa...
A vontade procura caminhos e com as pernas semi-abertas ofereces-me o teu corpo sedento e molhado.
E dentro de ti, fazes-me muito feliz...
Gosto que fiques assim nua!
Minha... para seres explorada... penetrada, devorada e possuida...
Louca de tanto tesão.
Cada minuto, cada segundo a beijar-te os lábios e o corpo...
A escorregar no teu corpo...
Gosto de te afastar a roupa... arredar a lingerie!
Sentir as minhas mãos no teu corpo
Agarrar os teus seios para lamber e abocanhar...
Os meus dedos no teu interior suavemente...
A minha boca a acriciar os lábios humidos entre pernas e sentir o teu mel escorrer pelos meus lábios...
Gosto que fiques assim... nua... apetecivel... doida e maluca!
Sendo possuida pelo meu corpo duro.
Entrar profundamente em ti...
Gosto também que tires a tua roupa de forma ansiosa... sem pudor!
Como uma verdadeira tarada pronta para dares prazer
Gosto de ti nua!
Deitada ao meu lado depois de unidos pelo prazer
Colados... molhados...
E começar de novo!
No teu excitante palácio do Pais das Maravilhas...

Anónimo disse...

Muito irritado...

SD disse...

Alice no Pais das Maravilhas, conta a história de uma menina chamada Alice que cai numa toca de coelho que a transporta para um lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas, revelando uma lógica do absurdo característica dos sonhos. Este está repleto de alusões satíricas dirigidas tanto aos amigos como aos inimigos do autor, de paródias a poemas populares infantis ingleses ensinados no século XIX e também de referências linguísticas e matemáticas frequentemente através de enigmas que contribuíram para a sua popularidade. É assim uma obra de difícil interpretação pois contém dois livros num só texto: um para crianças e outro para adultos.

Como não tenho nenhuma vontade irritar o Chapeleiro incompreendido do Pais das Maravilhas, e em prol da harmonia necessária de Alice, o Coelho SD retira-se de cena... continuando a acompanhar o Pais das Maravilhas...
Beijinhos Alice.

Wonderland Alice disse...

Meu querido SD, a ignorância nunca nos leva a caminho algum. Poderia perfeitamente ter evitado publicar o comentário do "Chapeleiro", mas não seria eu.
E logicamente, solicito-te que não saias de cena. Tão mais agradável um Coelho SD que compartilha estórias e fantasias directamente com a Alice, que um ignorante Chapeleiro apanhado por teias de inveja por não conseguir semelhante atenção.
Espero continuar a ler-te por aqui SD.

Soft kiss on your lips, Alice.

Anónimo disse...

O prazer da espera só é superado pelo prazer da chegada.


http://my-skin-and-under.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wonderland Alice. Design by Exotic Mommie. Provided By Free Blogger Templates | Freethemes4all.com
Free Website templatesfreethemes4all.comLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesFree Soccer VideosFree Wordpress ThemesFree Web Templates