domingo, 5 de fevereiro de 2012

Chapeleiro

Quem és, Chapeleiro. E porque te escondes no anonimato? O que tanto te provoca a ira no coelho apressado de relógio na mão, sempre ansioso? Serão os seus dizeres, que poderiam ser os teus? Ou os seus desejos que não consegues exprimir? Será a sua vontade avassaladora e ansiosa, que te coloca imóvel? Porque não te assumes, silencioso anónimo, um voyer da minha escrita. Que capta imagens na alma com retoques de palavras conduzidas para um êxtase perfeito. Diz-me o que te irrita, te tira do sério. Dá-me a conhecer as tuas vontades e desejos. Quem sabe te deixo fotografar a minha alma, mas de forma identificada. Chapeleiro, chapeleiro... aparece. Where ever you are...

1 comentários:

Eros disse...

Grande texto! Maravilhoso!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wonderland Alice. Design by Exotic Mommie. Provided By Free Blogger Templates | Freethemes4all.com
Free Website templatesfreethemes4all.comLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesFree Soccer VideosFree Wordpress ThemesFree Web Templates