terça-feira, 10 de maio de 2016

Lisbon Streets

A nossa capital é enorme. Passeio por ela de norte a sul, de este a oeste. Nunca me passou pela cabeça voltar a ver-te.

Pensas de forma diferente, vives de forma diferente, gostas de coisas e pessoas diferentes.

No entanto, há 3 noites atrás voltei a cruzar o meu olhar com o teu. Vi surpresa, vi dúvida. Numa fracção de segundo revivi todo o meu sonho e pesadelo contigo. Uma pequena fracção de segundo, em que depois descruzei o olhar e segui em frente, nunca olhando para trás.

Bem sei que passando nessa rua específica, a pé, correria esse risco. Mas já passei por ela tantas vezes que, àquela hora e daquele lado não pensei que fosse provável.

Não penses no entanto que passei nesse local por tua causa. Já não habitas a minha memória por boas lembranças, antes pelo contrário e já aprendi a despegar-me do que me faz mal.

Nada sei de ti. És um estranho. Tudo aquilo que foste de bom, fui eu que o sonhei, imaginei, me forcei a crer que eras. No entanto, tantos foram os choques de frente com a realidade que finalmente me permiti acordar.

Uma fracção de segundo e toda a angústia, agonia, perda, dor, voltaram e habitaram em memórias por 5 minutos. Não te dei mais tempo de antena.

Ver um fantasma nunca é uma experiência boa. Fica a certeza que embora adore aquele restaurante, dificilmente lá volto.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wonderland Alice. Design by Exotic Mommie. Provided By Free Blogger Templates | Freethemes4all.com
Free Website templatesfreethemes4all.comLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesFree Soccer VideosFree Wordpress ThemesFree Web Templates